Carregando...

Tecnologia 5G - Saiba Quais São as 12 Primeiras Capitais a Receberem o Sinal.

Publicidade

Você sabe quais são as 12 primeiras capitais a receberem o sinal da tecnologia 5G? Atualmente, essas capitais brasileiras possuem total capacidade para aderir o uso da internet 5G. No entanto, será distribuída para toda a população, tanto por questões tecnológicas quanto jurídicas.

Contudo, esse avanço tecnológico, foi possível graças a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e ao M Com. Pois, juntos estão trabalhando em grande colaboração com todos os municípios envolvidos.

Além disso, há sugestões de alterações benéficas na legislação local, além do esclarecimento de dúvidas, com o intuito de eliminar alguns entraves que costumam causar um déficit de conectividade. Então, se esse assunto te interessou, continue conosco e saiba mais sobre essa tecnologia 5G.

Publicidade
5G - Saiba Quais São as 12 Primeiras Capitais a Receberem o Sinal
Tecnologia 5G (Imagem: Canva Pro)

Primeiras 12 Capitais Brasileiras a Receberem o Sinal 5G.

Antes de tudo, os municípios que possuem legislação com adaptação à lei geral de antenas, vão ser os primeiros a obterem a tecnologia e usufruir dos benefícios já disponíveis.

Dessa forma, através do complexo recebimento e disponibilidade da tecnologia, existem metas estabelecidas a cada ano para levar aos poucos a tecnologia para todo o país. Entretanto, tem o prazo de até 2029 para chegar 100% em todo território brasileiro. Mas, por enquanto os estados contemplados são:

Além disso, o ministro da educação Fábio Faria, destaca: “Nossa missão é garantir a tecnologia 5G conectando o Brasil e levando a internet para todos os brasileiros”.

Publicidade

Nesse sentido, há novas leis aplicadas para o 5G. Sendo assim, vale informar que no momento, o Decreto nº 10.480/2020 e a Lei Geral de Antenas (Lei nº 13.116/2015) autorizam que a implantação de novas tecnologia aconteçam em todos municípios e capitais brasileiras.

Entretanto, é imprescindível que as atualizações de seus regulamentos para disponibilizar mais antenas e oferecer 5G mais rápido e melhor para toda população, estejam sempre em dia. Em resumo, com tais leis em vigor, a nova tecnologia 5G de telefonia móvel estará muito em breve em todos os 5.570 municípios brasileiros.

Portanto, será de forma eficaz para atender as demandas de toda a população. Mas, isso exige muito mais antenas disponíveis. Pois, quanto mais atuais forem as leis municipais, com mais rapidez a cidade terá total cobertura 5G.

Conheça Toda a Infraestrutura do 5G.

A infraestrutura para a aquisição do 5G, está sendo qualificada através da Lei Geral de Antenas, que por sua vez, aplicou regras e diretrizes a serem analisadas por todos os municípios afim de tratar da infraestrutura de apoio. Em outra perspectiva, a Lei nº 11.934/2009 estabeleceu que o responsável por fiscalizar e regular este campo será a Anatel. Deste modo, ainda é necessário ressaltar como é importante ter regras estabelecidas em edital para a aquisição das bandas 5G.

A documentação está bem definida. Contudo, todas as operadoras poderão dar inicio a execução dos serviços 5G de cada município. Desse modo, as leis e questões administrativas, deverão estar de acordo com as Leis Gerais de Antenas. Em resumo, na realidade, isso indica que cada município têm uma estrutura a parte. Isso é parte de melhorias dos processos que licenciam a infraestrutura das telecomunicações.

Deste modo, a vinda do 5G ao Brasil, indica uma evolução, à quinta geração de banda larga e redes móveis. Entretanto, é capaz de transformar a forma de interação entre, governo, indústrias, clientes, empresas e pessoas.

O impacto do 5G nessas capitais, não é apenas de maior velocidade, mas sim um salto tecnológico. No entanto, isso vai proporcionar um ganho de produtividade, gerando um grande impacto na vida de todos. Representando um mar de novas possibilidades, que está gerando grande expectativa em todos.

Leia Mais +

Considerações Finais.

Devemos, portanto termos a compreensão que a fase de instalação, não será tão simples assim. Afinal, demanda um número maior de antenas, sendo a infraestrutura um dos grandes desafios.  

Contudo, acreditamos que com o tempo todos iremos desfrutar dessa implantação. E você? Está preparado para essa nova tecnologia? Então, nos deixe um comentário, pois queremos saber sua opinião.

Publicidade